Dicas de Segurança da McAfee - 13 Maneiras de Proteger o seu Sistema

Além de instalar os nossos produtos, recomendamos que você siga estas precauções simples, de bom senso, para reduzir a sua exposição e proteger o seu sistema.

  1. Não abra anexos de e-mail de fontes desconhecidas, suspeitas ou não confiáveis. Se você não conhece o remetente, não abra, não faça download e não execute arquivo ou anexo de e-mail algum.
  2. Não abra anexos de e-mail, a menos que você saiba do que se trata, mesmo que pareça vir de um amigo ou de alguém que você conhece. Alguns vírus podem se replicar e se espalhar por e-mail. Não corra riscos e confirme se o anexo foi enviado de uma fonte confiável, antes de abri-lo.
  3. Não abra anexos de e-mail se a linha de assunto for duvidosa. Se você achar que o anexo pode ser importante, sempre grave o arquivo no seu disco rígido antes de abri-lo.
  4. Exclua e-mails de correntes e outras mensagens de spam da sua caixa de entrada. É melhor não encaminhar nem responder mensagens como essas. Mensagens não solicitadas congestionam as redes, podem trazer conteúdos importunos ou ofensivos e levar a riscos de segurança e privacidade.
  5. Tenha cuidado ao fazer o download de arquivos da Internet. Verifique se o site é legítimo e idôneo. Verifique se um programa antivírus efetuou a varredura dos arquivos no site de downloads. Se tiver alguma dúvida, simplesmente não baixe o arquivo. Se você baixa software da Internet, tome um cuidado especial com softwares gratuitos, que muitas vezes trazem adware ou outros conteúdos potencialmente indesejáveis com eles. Sempre leia as políticas de privacidade e os contratos de licenciamento para o usuário final (EULAs) dos softwares que instalar, independentemente da fonte. Tenha um cuidado especial com protetores de tela, jogos, complementos de navegadores, clientes de troca de arquivos (P2P) e qualquer download que afirme estar "destravado" ou versões gratuitas de aplicativos de alto custo, como Adobe® PhotoShop® ou Microsoft® Office. Se parecer muito bom para ser verdade, realmente é.
  6. Evite completamente fontes que não sejam da Web. As chances de baixar softwares infectados em grupos da Usenet, canais de IRC, clientes de troca instantânea de mensagens, ou clientes de troca de arquivos, são muito altas. Links para sites vistos no IRC e em programas de mensagens instantâneas também levam, frequentemente, a downloads infectados. Evite obter seu software dessas fontes.
  7. Atualize regularmente o seu software antivírus. As ameaças são cada vez maiores e evoluem constantemente. Centenas de vírus são descobertos todos os meses. Para ter certeza de que você está protegido contra a variedade mais recente de ameaças, atualize freqüentemente o seu software antivírus. Isso exige o download dos arquivos de características de vírus mais recentes e a versão mais atualizada do mecanismo de varredura.
  8. Efetue freqüentemente o backup dos seus arquivos. Se um vírus infectar os seus arquivos, pelo menos você poderá substituí-los pela sua cópia de backup. É conveniente armazenar os seus arquivos de backup (em CDs ou flash drives) em outro local físico seguro, longe do seu computador.
  9. Atualize o seu sistema operacional, o seu navegador da Web e o seu programa de e-mail regularmente. Por exemplo, você pode obter atualizações de segurança da Microsoft® para o Microsoft Windows e o Microsoft Explorer em http://www.microsoft.com/security.
  10. A vigilância é a melhor defesa contra os golpes de phishing. O termo “phishing” descreve golpes para adquirir informações confidenciais, como números de cartões de crédito, dados pessoais de identidade e senhas, através da distribuição de e-mails que parecem ter sido enviados por empresas reais ou pessoas de confiança. Se você receber um e-mail anunciando que a sua conta será encerrada, que você precisa confirmar um pedido ou que você precisa confirmar as suas informações para cobrança, não responda o e-mail nem clique em link algum. Se você quiser saber se o e-mail é legítimo, entre em contato direto com a empresa ou com a pessoa, telefonando ou escrevendo para ela.
  11. Não abra mensagens nem clique em links de usuários desconhecidos no seu programa de mensagens instantâneas. Os programas de mensagens instantâneas podem ser um veículo de transmissão de vírus e outros códigos mal-intencionados, e são outro meio de iniciar golpes de phishing.
  12. Use um firewall pessoal.  Um firewall físico instalado entre o seu roteador de DSL ou modem a cabo protegerá você contra ataques vindos de fora. Isso é essencial para conexões de banda larga. Um software de firewall funciona no seu computador e pode proteger você contra ataques provenientes de fora ou de dentro da rede.
  13. Verifique as suas contas e os seus extratos bancários regularmente.  Os ladrões de identidade podem começar a usar as suas informações pessoais para abrir contas, adquirir produtos e bagunçar sua vida minutos após obter esses dados. Verifique a sua conta bancária e as suas faturas de cartão de crédito freqüentemente. Assim, se você descobrir que suas informações pessoais foram comprometidas, poderá avisar as administradoras de cartão de crédito e os bancos imediatamente para que as contas possam ser bloqueadas ou encerradas.

Se tiver alguma dúvida sobre questões relacionadas a vírus, entre em contato com virus_research@mcafee.com.