Cuidado com o estraga-prazeres cibernético neste Natal!

Sim, existe um estraga-prazeres cibernético. Na verdade, você encontrará evidências de toda uma série de estraga-prazeres online: esses cibercriminosos que, com a ajuda da IA, criam milhões de golpes na Internet bem a tempo de arruinar a época de Natal.

No entanto, você ainda pode fazer compras com segurança, com um olhar atento e as ferramentas adequadas ao seu alcance. Sempre há um aumento dos golpes nesta época do ano. Afinal de contas, onde os compradores estão, os golpistas vão logo atrás. Uma pesquisa da nossa equipe do McAfee Labs descobriu que o volume de fraudes aumenta 30% acima da média nesta época do ano, começando em novembro e continuando na primeira semana do ano novo.

Para obter ainda mais informações sobre o impacto que os golpes online têm sobre os consumidores, realizamos nosso primeiro estudo global sobre golpes nas compras de fim de ano. Mais de 7.000 adultos em sete países nos contaram como os golpes afetaram as comemorações natalinas. Eles também compartilharam seus sentimentos sobre o recente surgimento de golpes com IA.

O estudo oferece vários insights significativos, incluindo o impacto financeiro dos golpes e até mesmo quando e onde as pessoas fazem compras online (spoiler: isso inclui até compras feitas no banheiro).

Vamos investigar mais a fundo. A partir daí, mostraremos várias maneiras de se manter seguro ao fazer compras online, para que você possa mandar esses ranzinzas embora.

O que descobrimos sobre os golpes de fim de ano neste 2023 

Para começar, 36% dos americanos disseram que foram vítimas de um golpe de compras online durante as festas de fim de ano. Isso representa mais de uma em cada três pessoas, o que torna provável que você conheça alguém que tenha sido enganado. Das pessoas que caíram em golpes online durante as festas de fim de ano, quase metade disse ter perdido US$ 100 ou mais. Surpreendentemente, uma em cada quatro vítimas afirmou que perdeu US$ 1.000 ou mais.

Os três principais golpes online relatados incluem:

  1. Mensagens de texto sobre compras que não foram feitas (57%).
  2. Falsa entrega perdida ou falso problema com notificações de entrega (56%).
  3. Alertas de segurança e mensagens de notificação falsas da Amazon sobre suas contas (43%).

Analisamos esses números mais de perto e descobrimos algumas tendências sobre como algumas pessoas se envolvem mais nesses golpes do que outras. Comparando homens e mulheres, 65% dos homens disseram que depositam nas compras online o mesmo nível de confiança que nas compras presenciais.

Enquanto isso, as mulheres parecem ser um pouco mais criteriosas. Apenas 46% das mulheres afirmaram ter o mesmo nível de confiança. Em seguida, descobrimos que os homens têm quase duas vezes mais chances de cair em um golpe online natalino (46%) do que as mulheres (26%).

Ao analisar as gerações, descobrimos que 64% da Geração Z e 77% da Geração Y confiam nas compras online tanto quanto nas compras presenciais. Da mesma forma, essas pessoas foram vítimas de golpes com mais frequência do que os adultos mais velhos. Entre os mais jovens, 49% da Geração Z e 65% da Geração Y afirmam ter caído em um golpe natalino. Compare isso com apenas 12% das pessoas com mais de 50 anos que dizem a mesma coisa.

O que está na mente dos consumidores nesta época de Natal

Também obtivemos algumas informações sobre o estado de espírito dos compradores . As pessoas estão mais atentas às ofertas do que nunca, com 1 em cada 3 (35%) dizendo que provavelmente aproveitarão um desconto quando estiver disponível.

Elas também planejam fazer compras: 85% das pessoas declararam que procurarão a melhor oferta antes de comprar seus presentes de Natal. Não é de surpreender que 63% planejem fazer compras online durante o fim de semana da Black Friday e da Cyber Monday. No entanto, descobrimos algumas surpresas: onde elas estão (fisicamente) quando fazem compras online:

  • 41% das pessoas informaram que fizeram uma compra online durante a época de Natal na cama, tarde da noite, quando realmente deveriam estar dormindo.
  • 27% alegaram ter feito uma compra online enquanto estavam no trabalho.
  • 20% disseram que fizeram uma compra online na mesa da cozinha durante o jantar.
  • 11% afirmaram ter comprado um presente enquanto estavam no banheiro.

Junte tudo isso e você verá que o estraga-prazeres cibernético estará se contorcendo de alegria. Caçar ofertas e fazer compras online quando você está um pouco distraído facilita a ação dos golpistas. Os golpistas contam com o estresse das compras de fim de ano. Quando as pessoas estão cansadas ou com pressa, elas tendem a cometer erros. O que acontece com mais frequência hoje em dia graças aos golpistas que usam as ferramentas de IA.

As pessoas dizem que os golpes de IA vão atrapalhar suas compras

Os golpistas agora têm ferramentas orientadas por IA que os ajudam a aplicar golpes a taxas alarmantes. Elas facilitam a criação de e-mails falsos, sites maliciosos e mensagens de texto atraentes. De fato, um novo site de phishing é criado a cada 11 segundos, e os americanos recebem uma média de 12 mensagens falsas ou golpes diariamente.

Além disso, a IA tornou mais difícil do que nunca distinguir o que é real do que é falso. Não apenas vimos uma enxurrada de golpes, mas também uma enxurrada de golpes cada vez mais sofisticados. Com as ferramentas de IA, os golpistas podem fazer com que seus e-mails, mensagens e textos pareçam e soem mais convincentes do que nunca. As pessoas compartilharam suas preocupações sobre golpes de IA:

  • 88% das pessoas disseram que acham que as ferramentas de IA usadas pelos cibercriminosos afetarão a quantidade e os tipos de golpes online durante a época de Natal.
  • 57% acham que a IA tornará os e-mails e mensagens de golpes mais confiáveis do que nunca.
  • 31% acreditam que será mais difícil distinguir uma mensagem real de uma falsa, como a de um vendedor ou serviço de entrega.
  • 1 em cada 5 consumidores (19%) disse que não planeja fazer tantas compras online este ano devido ao aumento do uso de IA por cibercriminosos.

Apesar do que descobrimos em nosso estudo, temos boas notícias para compartilhar: existem ferramentas que podem ajudá-lo a fazer compras com segurança. 

Como se proteger de textos fraudulentos 

Pense antes de clicar.  Os cibercriminosos usam e-mails de phishing ou sites falsos para induzir as pessoas a clicar em links que podem levar a malware. Se você receber um e-mail ou mensagem de texto pedindo para clicar em um link, é melhor evitar interagir com a mensagem. Mesmo que seja uma oferta que soe bem ou indique que você receberá informações úteis, como uma atualização sobre a entrega de encomendas. Sempre vá direto à fonte e interaja com empresas de boa reputação.

Lembre-se de que, se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é. Muitos golpes são eficazes porque o golpista cria um falso senso de urgência ou se aproveita de um estado emocional elevado. Faça uma pausa antes de interagir com qualquer mensagem que seja ameaçadora ou urgente, especialmente se for de um remetente desconhecido ou improvável.

O mesmo se aplica a ofertas e descontos online. Os golpistas exibem lojas online com anúncios falsos de presentes desejados, é claro que sem a intenção de enviar nada para você. Fique atento às ofertas que parecem ter um preço muito baixo e aos itens difíceis de encontrar que milagrosamente estão em estoque em uma loja online desconhecida. Em vez disso, opte por vendedores de boa reputação.  

Você pode escolher a opção “não listado”. Os golpistas precisam obter suas informações de contato de algum lugar. Muitas vezes, eles obtêm essa informação de corretores de dados online e outros sites de “busca de pessoas”. Esses sites coletam e vendem grandes quantidades de informações pessoais a qualquer comprador. Você pode remover essas informações de alguns dos corretores de dados mais perigosos com nosso serviço de limpeza de contas online. Ele pode ajudá-lo a remover essas informações presentes em contas online antigas ainda existentes. Da mesma forma, configure suas contas nas redes sociais apenas para “amigos e familiares” para que as informações do seu perfil não apareçam nos resultados de pesquisa. 

Use a IA benéfica para vencer a IA maligna. Desde o bloqueio de links perigosos que aparecem em mensagens de texto, nas redes sociais ou em navegadores da Web, a IA pode estar do seu lado. A proteção antifraude da McAfee identifica e o avisa automaticamente se detectar um URL perigoso no seu texto.

Você não precisa mais se perguntar se uma mensagem de entrega ou um texto de notificação bancária é real ou não. A tecnologia de IA patenteada da McAfee detecta instantaneamente links mal-intencionados, enviando uma mensagem de alerta para impedir que você clique neles. Bloquearemos os sites de risco se você clicar acidentalmente em um link fraudulento dentro de um texto, e-mail, redes sociais e muito mais. Você a encontrará em nossos planos de proteção online, como as premiadas assinaturas do McAfee+.

Que reine a felicidade nesta temporada natalina

Uma coisa que não mudou em 2023 é que os golpistas adoram as festas de fim de ano. Assim como você está se preparando para fazer compras, eles estão se preparando para aplicar golpes. A agitação das festas de fim de ano, as ferramentas de fraude orientadas por IA e as mensagens e sites mal-intencionados aparentemente jogam a favor dos golpistas.

No entanto, uma proteção orientada por IA como a nossa, somente lhe oferece vantagens. Isso, além de ter cuidado com as trapaças digitais, o ajudará a ficar longe de todos os estraga-prazeres que estão soltos por aí este ano.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa, que se concentrou no tópico de mensagens fraudulentas e compras de fim de ano, foi realizada online entre 7 e 21 de setembro de 2023. 7.130 adultos, com mais de 18 anos, em 7 países (EUA, Austrália, Índia, Reino Unido, França, Alemanha, Japão), participaram do estudo. 

FacebookLinkedInTwitterEmailCopy Link

Mantenha-se atualizado

Siga-nos para se manter atualizado sobre a McAfee e ficar por dentro das mais recentes ameaças à segurança móvel e do consumidor.

FacebookTwitterInstagramLinkedINYouTubeRSS

Mais De Segurança na Internet

Back to top