Pronto para a migração? Vamos começar.

  1. Se você ainda não iniciou sua migração, use a guia “Planejar” abaixo.
  2. Se você estiver migrando seu ambiente, use a guia “Distribuir” abaixo, que abrange três caminhos comuns de atualização.
  3. Se você precisar de uma lista abrangente de guias de instalação ou migração, documentação do produto e artigos da base de conhecimentos que discutam o uso de produtos, como EUA (Endpoint Upgrade Assistant), EUAPC (Endpoint Upgrade Assistant Package Creator) e Endpoint Security, revise nossas informações de suporte.
  4. Se você precisar de assistência técnica ou tiver dúvidas, fale com o suporte técnico usando o Business ServicePortal.
  5. Se você precisar de assistência no local com a migração, fale com nossa equipe de serviços de consultoria.
Etapa 1: planejar a migração

Comece realizando um planejamento detalhado, identificando o conjunto inicial de considerações que o ajudarão a planejar a atualização.
Faça download de nosso guia de planejamento de projeto de upgrade

Discuta sua arquitetura atual de rede e sistemas, e certifique-se de que os participantes e as partes interessadas tenham um entendimento de alto nível sobre a plataforma McAfee Endpoint Security.
Use os cursos de treinamento pessoais e on-line
Leia as perguntas frequentes sobre o McAfee Endpoint Security

Faça uma avaliação da configuração atual de seu ambiente de produção para oferecer orientação e recomendações sobre a atualização.
Faça download do Endpoint Upgrade Assistant (EUA)
Observação: você precisará de seu número de concessão para acessar o software.

Assista à visão geral de produto do McAfee Endpoint Upgrade Assistant: versão 2.4

Escolha seu caminho: você quer manter as configurações e atribuições atuais de seus produtos legados?

  • Não: instale o McAfee Endpoint Security sem migrar quaisquer configurações e tarefas. Siga as instruções do guia de instalação do McAfee Endpoint Security. Além disso, você pode seguir a seção do caminho comum de atualização 1, acessível acima, selecionando a guia “Distribuir”.
  • Sim: use o assistente de migração para transferir suas configurações antes de distribuir o McAfee Endpoint Security pelos sistemas. Se quiser migrar suas configurações, decida se vai fazer isso de forma automática ou manual. Além disso, você pode seguir a seção do caminho comum de atualização 1, acessível acima, selecionando a guia “Distribuir”.

Faça download do guia de instalação do Endpoint Security 10.7
Faça download do guia de migração para o Endpoint Security 10.7

Etapa 2: Distribuir o novo Endpoint Security

Esta seção fornece orientações que se concentram nos três caminhos de migração mais comuns.

O caminho 1 presume que os produtos legados instalados no terminal já atendam aos requisitos de migração, com base em caminhos de atualização suportados. Inicie a migração seguindo esse caminho

O caminho 2 pressupõe que a versão dos produtos legados existentes não atenda aos requisitos necessários e, portanto, o caminho mais fácil, combinado com a maior chance de sucesso, é desinstalar os produtos existentes e substituí-los por uma instalação limpa do terminal. Inicie a migração seguindo esse caminho

O caminho 3 foi projetado para aqueles ambientes que desejam usar software de distribuição de terceiros, como o Microsoft System Center Configuration Manager (SCCM) ou o IBM BigFix. Inicie a migração seguindo esse caminho

A McAfee recomenda enfaticamente a realização dessa migração em sistemas de teste, antes de tentar realizá-la em um ambiente de produção. Durante a migração, se houver algum problema técnico, não avance com nenhuma etapa adicional. Fale com o suporte usando o Business ServicePortal.

Caminho comum de migração 1: usar o ePO e o Endpoint Upgrade Assistant.

  1. O ePolicy Orchestrator deve estar na versão 5.9.x ou mais recente para a migração para o Endpoint Security 10.7. Se o servidor ePO for mais antigo que a versão acima, atualize-o primeiro usando este guia de instalação.
  2. Verifique agora o software e as extensões do Endpoint Security. Se você optou por usar o EMA para migrar as configurações existentes, use-o agora para migrar suas políticas antes de continuar. Se você optou por não manter as configurações existentes, siga para a etapa 5.
  3. Depois que o ePO for atualizado com sucesso, verifique as extensões do Endpoint Upgrade Assistant usando a versão mais recente disponível. O Endpoint Upgrade Assistant permite que você realize uma análise rápida dos sistemas já gerenciados pelo ePO, para verificar se eles atendem aos requisitos de migração para o ENS. Depois que o EUA for verificado, acesse este guia e comece pela seção “Workflow for analyzing and resolving issues” para concluir a análise do ambiente.

    OBSERVAÇÃO: se uma pequena parte dos sistemas existentes não atender ao requisito de migração, considere focar na maior parte do ambiente e acionar os sistemas restantes posteriormente. Além disso, para quaisquer sistemas que estejam usando o software VirusScan Enterprise for Storage da McAfee, que requer o uso do VirusScan Enterprise, exclua-os das etapas de migração por enquanto.

  4. Se você quiser reter as configurações de produtos existentes que podem ser migradas para o Endpoint Security, verifique agora as extensões do Endpoint Migration Assistant. Se não quiser manter a configuração de política existente, siga para a etapa 5. Familiarize-se com a maneira como o Endpoint Migration Assistant pode migrar automaticamente certas configurações de políticas para o ENS assistindo a este vídeo. Observe que este é um vídeo abrangente, com duração de 1 hora. Se preferir, você pode usar o guia do EMA.
  5. Prepare a distribuição do software usando o guia do Endpoint Upgrade Assistant. Depois que a implantação do software for concluída, use a seção “Verify the Deployment” desse guia para informar sobre sistemas migrados com sucesso.

    OBSERVAÇÃO: para quaisquer sistemas remanescentes nos quais a migração não tenha sido bem-sucedida, entre em contato com o suporte usando o Business ServicePortal para obter assistência adicional.

Caminho comum de migração 2: desinstalar, reinicializar e instalar do zero com o Endpoint Security.

OBSERVAÇÃO: devido a várias complexidades envolvendo versões mais antigas de software legado, como as versões do VirusScan Enterprise anteriores à 8.8, não há um caminho de migração suportado diretamente para o Endpoint Security. As particularidades em cada ambiente podem exigir um caminho de migração personalizado fornecido pela McAfee. Se você quiser que serviços profissionais projetem um caminho de migração personalizado para você, entre em contato com seu representante de vendas. Como opção adicional, esse caminho de migração discute as etapas para remover o software legado usando tarefas padrão de desinstalação de produtos e prepara seu servidor ePO para distribuir o Endpoint Security 10.7.

  1. Use o ePO para criar uma tarefa de distribuição de produto para o software legado existente. Se os sistemas tiverem vários produtos McAfee instalados, como VirusScan Enterprise, Host Intrusion Prevention e Site Advisor Enterprise, a McAfee recomenda separar essas tarefas de desinstalação em vez de realizar uma única tarefa combinada de desinstalação para todos os produtos. Nessa tarefa, escolha a opção “desinstalar” em vez de “instalar”.
  2. Nas tarefas de desinstalação, selecione o cronograma desejado para elas. Observe que uma tarefa agendada para “executar imediatamente” só será executada uma vez. Se a tarefa de desinstalação falhar, ela não será executada novamente ao selecionar essa opção de agendamento.
  3. Selecione os sistemas para executar a tarefa de desinstalação e use o ePO para enviar uma chamada de ativação do McAfee Agent. É importante aqui dar tempo suficiente para a execução e remoção bem-sucedidas dos produtos existentes. A McAfee recomenda que você reinicie os sistemas nesse momento.
  4. Depois que a remoção for concluída, você pode enviar uma chamada de ativação adicional do McAfee Agent para que o McAfee Agent existente informe as propriedades atuais do sistema, permitindo assim que a visualização da árvore do sistema do ePO confirme que os produtos foram removidos com sucesso.
  5. Nesta etapa, se a versão do ePO em uso no momento não atender aos requisitos para migrar para o Endpoint Security (versão 5.9.x ou mais recente), atualize o ePO agora. Se a versão do servidor ePO já estiver em 5.9.x ou mais recente, siga para a etapa 6.
  6. Depois que o ePO for atualizado com sucesso, você deve considerar atualizar também o McAfee Agent existente para a versão mais recente disponível. Se a versão existente do McAfee Agent já estiver em uma versão suportada, siga para a etapa 7.
  7. Baixe e verifique as extensões e pacotes de software do Endpoint Security e inicie sua distribuição do ENS.
  8. Depois que a distribuição do software for concluída, para verificar se o Endpoint Security está instalado em seus terminais, verifique seus resultados.

Caminho comum de migração 3: implantação de terceiros

Siga nossas instruções passo a passo.

Etapa 3: Otimizar o novo Endpoint Security

Certifique-se de que sua solução McAfee Endpoint Security esteja alinhada a processos comerciais e que permaneça devidamente ajustada com avaliações periódicas.

 

Para informações mais detalhadas, visite as páginas de nosso Expert Center sobre o McAfee Endpoint Security e a migração para o Endpoint Security
Veja as mais recentes recomendações para o McAfee Endpoint Security
Aprimore o desempenho continuamente com o Endpoint Security 10.x
Assine o McAfee Support Notification Service (SNS) para receber atualizações de produtos
Inscreva-se para receber nossos boletins mensais sobre a migração para o McAfee Endpoint Security
Veja as perguntas mais frequentes

 

Agora que fez o upgrade para o McAfee Endpoint Security mais recente, você pode aproveitar as vantagens oferecidas pelos componentes integrados. O McAfee Endpoint Security compartilha suas observações em tempo real com várias tecnologias de defesa de terminais conectadas à sua estrutura, incluindo:

 

Proteção integrada de dados de terminais, oferecendo proteção de dados, controle de dispositivos e criptografia de arquivos para ajudar a evitar a perda de dados.
Autoaprendizagem para analisar e deter possíveis ameaças com base no seu aspecto e comportamento.
Contenção de aplicativos para um trabalho contínuo de monitoramento e contenção de comportamento de aplicativos maliciosos antes que ocorram danos.
Detecção e resposta (EDR) integradas para identificar violações ativas e equipar os administradores com investigações interativas.

O que você tem a ganhar com o upgrade para o McAfee Endpoint Security? Ouça a opinião de nossos clientes.

New Standard Corporation

“A evolução do terminal tem sido ótima com a McAfee.”

Assista ao vídeo

Cidade de Gothenburg

“Economizamos 40 horas por semana migrando para o McAfee Endpoint Security.”

Leia o estudo de caso

Avaliação por especialistas

Confira estas análises de soluções na McAfee, verificadas pelo Gartner.

Saiba mais