Atualização do TikTok: Desafios virais perigosos e restrições de idade

By on Feb 26, 2021

Atualização do TikTok: Desafios virais perigosos e restrições de idade

É popular. É inspirador. É criativo. É divertido. Também pode ser arriscado.

Todas estas palavras descrevem igualmente o TikTok, a rede social extremamente popular que permite aos adolescentes criar e partilhar vídeos e encontrar relações indispensáveis durante os tempos de isolamento. O que torna o TikTok incrível e potencialmente arriscado ao mesmo tempo? Não é a aplicação em si, mas sim, a forma como algumas crianças optam por utilizá-la.

Vários desses comportamentos de risco que se tornaram notícia recentemente incluem o demasiado familiar tópico dos desafios virais. O risco secundário? A prática comum dos utilizadores menores de idade de ignorar as restrições de idade do TikTok, que pode colocá-los em perigo. Em 2020, o TikTok classificou mais de um terço dos respetivos 49 milhões de utilizadores diários nos Estados Unidos como tendo 14 anos ou menos.

Um recente webinar alojado pelo Cyberwise com Rick Andreoli, editor-chefe na Parentology e Pamela Rutledge, diretora do Media Psychology Research Center, destacaram os riscos de alguns dos desafios mais recentes. (Ouça o debate completo aqui). Estes são alguns dos muitos desafios que os pais devem conhecer.

Desafios populares do TikTok

O desafio do blackout. A atração deste desafio é algo novo no TikTok, mas recorrente no mundo dos desafios online. Envolve os utilizadores a transmitirem-se a si próprios em direto enquanto sustêm a respiração ao ponto de perderem a consciência. Infelizmente, este desafio teve recentemente consequências mortais para uma utilizadora do TikTok de 10 anos, de acordo com uma notícia Newsweek. O incidente gerou protestos para que a plataforma proibisse utilizadores que não têm a respetiva idade confirmada.

Desafio da silhueta sexy. Este desafio é extremamente popular e consiste em utilizadores do TikTok publicarem vídeos de si próprios utilizando um filtro do Snapchat que delineia a forma do respetivo corpo com um efeito sedutor de silhueta.

O maior problema? Desde então, surgiram vídeos com instruções, mostrando às pessoas como remover o filtro da fotografia para expor o autor.

Desafio Quebra-Ossos/trip jump. Os utilizadores do TikTok realizam este desafio de várias formas, mas uma das mais comuns consiste em ter três amigos lado a lado. Quando o vídeo começa, todos saltam ou dançam conforme o planeado, é escolhida uma criança como alvo para cair enquanto as outras duas lhe pregam rasteiras, causando uma queda de cara ou de costas. Este desafio popular causou várias emergências médicas.

O desafio da tomada ou do cêntimo. Os bombeiros divulgaram avisos à população em relação a este desafio, que envolve colocar um cêntimo num carregador de telemóvel ou cabo parcialmente ligado à tomada. O objetivo? Ver quem consegue gravar e publicar as maiores faíscas ou, sim, chamas.

Desafio do coronavírus. Segue-se um desafio que felizmente não ganhou muita popularidade antes de ser banido pelo TikTok. Foi criado por vários “influenciadores” e incentivou os utilizadores do TikTok a publicarem vídeos de si próprios desafiando o risco de contágio pelo Coronavírus lambendo objetos públicos, como casas de banho e artigos de mercearia.

Noções básicas de segurança no TikTok 

  • Monitorize aplicações, adicione os controlos parentais. O TikTok aconselha os pais “monitorize a utilização da Internet do seu filho adolescente, incluindo quaisquer aplicações que possa transferir. . . a experiência completa do TikTok é apenas para utilizadores com 13 anos ou mais. . . utilize os controlos parentais para simplesmente bloquear as nossas aplicações no telemóvel do seu filho. ” (Não poderíamos estar mais de acordo, TikTok!)
  • Respeite as restrições de idade do TikTok; explore as diferentes opções. As crianças podem ver as restrições de idade como apenas mais uma regra parva que os impede de se divertirem. É nesta altura que pode falar sobre os perigos bem reais que estão a ser noticiados e porque é que a restrição de idade existe. Além disso, explore as diferentes opções de ligação no TikTok concebidas para as necessidades dos utilizadores mais jovens. Por exemplo, o TikTok tem uma secção da aplicação para “menores de 13 anos” que restringe o acesso ao conteúdo adulto. Outra opção é abrir uma conta do TikTok em que o titular são os pais e a criança com o novo Modo de Segurança Familiar. Isto permitirá ensinar a uma criança mais nova como utilizar a aplicação em segurança, assim como falar sobre as potenciais zonas de perigo.
  • Ajuste as definições. Considere exigir ao seu filho que mantenha a respetiva conta privada (volte a iniciar sessão para certificar-se de que se mantém privada). Para tornar uma conta privada, altere as definições dos comentários, duetos, reações e mensagens para “amigos” em vez de “todos”.
  • Abra uma conta no TikTok. Para compreender melhor a cultura do TikTok, abra a sua própria conta e dê uma vista de olhos. Diga ao seu filho que tem uma conta, mas não o siga nem comente, este é o sítio dele. Uma conta pessoal permite que monitorize o conteúdo dos vídeos, grupos de amigos e comentários, geralmente onde a ciberintimidação ou outros sinais de perigo costumam aparecer. Esta irá dar-lhe a compreensão, o contexto e os detalhes de que precisa para conversar com o seu filho, caso seja necessário. Relembre-os regularmente onde podem comunicar quaisquer problemas.

Fica então um último lembrete para os pais: Desafie-se a abandonar a suposição de que o seu filho não vai experimentar fazer tolices online. As crianças inteligentes também fazem escolhas imprudentes, uma possibilidade facilmente desencadeada num ambiente onde influenciadores, gostos e comentários de colegas conseguem disfarçar o perigo. É fácil esquecer que, durante a adolescência, a razão e a identidade em evolução estão em constante conflito, o que significa que a emoção pode de repente suplantar a lógica. Para os pais, isso significa que por ao envolverem-seno mundo digital do seu filho, têm a oportunidade de influenciá-lo e orientá-lo quando este mais precisar.

Mantenha-se atualizado

Para se manter atualizado em tudo relacionado com a McAfee para conhecer sempre as ameaças mais recentes de produtos de consumo e segurança móvel, siga @McAfee_Home  no Twitter, subscreva o nosso correio eletrónico, ouça o nosso podcast Hackable?, e ponha “Gosto” na nossa página do Facebook.

 

 

About the Author

Toni Birdsong

Toni Birdsong began her career as a reporter in Los Angeles and later became a writer for Walt Disney Imagineering. Her passion for digital safety started 10 years ago as a way to gain the survival skills she needed to parent her own connected teenagers. Her goal with each post is to give busy parents ...

Read more posts from Toni Birdsong

Categories: Português
Tags: ,

Similar Blogs

Subscribe to McAfee Securing Tomorrow Blogs