Proteção de dispositivo e bloqueio de chamadas indesejadas.

Alguns golpes podem fazer um barulho revelador: trim, trim! Sim, são as temidas robocalls (ligações automáticas com voz de robô). Elas não são somente irritantes, mas também podem atingir o seu bolso.

Nos Estados Unidos, segundo a Comissão Federal de Comunicações (FCC), as chamadas não desejadas são a principal reclamação dos consumidores. Em parte, porque os golpistas têm feito bom uso de tecnologias de falsificação com números falsos para identificação de chamadas. Como resultado, esse número de telefone de aparência inocente pode não ser nada inofensivo.

Seja a voz do outro lado do smartphone gravada ou uma pessoa real, a intenção por trás dessa chamada é provavelmente a mesma: roubar tanto suas informações pessoais quanto o seu dinheiro. Ligações como essas podem se fazer passar por bancos, agências governamentais, companhias de seguros ou qualquer outra organização que lhes dê uma desculpa para exigir pagamento, informações financeiras ou números de identificação.

E alguns desses interlocutores podem parecer bastante convincentes. Outros, simplesmente se tornarão agressivos ou ameaçadores. Uma das ferramentas mais eficazes usadas nesses esquemas é o sentimento de urgência misturado ao medo, afirmando haver um problema agora mesmo e que precisam de suas informações imediatamente para resolvê-lo. Isso é um sinal de que você deve fazer uma pausa e entender o que realmente está acontecendo antes de responder ou tomar qualquer medida.

Evite e impeça as robocalls com estas dicas

Independentemente das características dessas ligações indesejadas, há coisas que você pode fazer para se proteger e até mesmo evitar recebê-las. Veja como nestas cinco dicas:

1) Verifique a identificação da chamada com cuidado.

Ok, talvez você possa colocar isso na categoria “é óbvio”. No entanto, saiba que os golpistas são mestres em falsificação. Eles conseguem fazer uma chamada parecer local ou familiar o suficiente. Se você for pego desprevenido e atender uma ligação de spam, desligue imediatamente. Se você não tiver certeza sobre o número, é melhor deixar sua caixa postal lidar com essa ligação. Atender a chamada para determinar se é legítima ou não pode ajudar um golpista a verificar a validez da linha, o que poderia levar a outras ligações incômodas no futuro.

2) Não retorne chamadas de números desconhecidos.

Então digamos que você deixe uma chamada desconhecida cair no correio de voz. Parece ser de um banco ou empresa sobre um assunto urgente. Se você sentir a necessidades de dar seguimento a essa ligação, obtenha um número legítimo de atendimento ao cliente disponível em um extrato, conta ou website do banco ou empresa em questão e verifique a situação por si mesmo. Retornar a ligação ao número identificado pelo telefone ou deixado na caixa postal pode torná-lo vítima de um golpista.

3) Não ceda à pressão.

Como você já sabe, os golpistas adoram desempenhar o papel de farsantes, dizendo haver algo errado com seus impostos, sua conta ou seu extrato bancário. Alguns podem ser bastante convincentes, portanto, se você se encontrar em uma conversa desconfortável, desligue o telefone e entre em contato com o banco ou com o negócio, como mencionado acima. Resumindo, fique atento às táticas de pressão ou de surpresa e guarde suas informações para si mesmo.

4) Registre-se no cadastro nacional de ligações indesejadas (“Não Me Perturbe”).

Vários países oferecem esse serviço, que é uma lista que as empresas de telemarketing legítimas consultarão antes de fazer suas chamadas. Embora não impeça que os golpistas façam ligações, pode reduzir o número de chamadas não solicitadas em geral. Por exemplo, os Estados Unidos, o Canadá e o Reino Unido possuem um cadastro nacional de ligações indesejadas.

5) Procure aplicativos e serviços que bloqueiam chamadas indesejadas.

Muitas operadoras móveis oferecem aplicativos e serviços adicionais para bloquear chamadas indesejadas, muitas vezes como parte do plano de serviço do seu smartphone. Há aplicativos de terceiros com o mesmo propósito. Dê uma pesquisada. Você vai querer comprovar se esses aplicativos são legítimos e não bloqueiam as chamadas “verdadeiras”.

Vá mais além. Proteja seu smartphone com software ou aplicativos de segurança móvel.

Embora o software e os aplicativos de segurança não bloqueiem as robocalls, eles aumentam a segurança de seu telefone de maneira geral, protegendo tanto você quanto seus dados. Você tem duas opções aqui:pode escolher um software de segurança abrangente, com proteção para todos os seus dispositivos, ou um aplicativo no Google Play ou na App Store da Apple. Dessa forma, você terá segurança contra malware, na web e em dispositivos, mantendo seu telefone seguro.

Em conjunto, essas dicas podem ajudá-lo a evitar ou bloquear completamente chamadas indesejadas, como as robocalls. Assim, você pode se sentir mais seguro e, talvez, menos incomodado

FacebookLinkedInTwitterEmailCopy Link

Stay Updated

Follow us to stay updated on all things McAfee and on top of the latest consumer and mobile security threats.

FacebookTwitterInstagramLinkedINYouTubeRSS

More from Consumer

Back to top