Loading...

Proteger sua privacidade com uma VPN

Embora você possa achar que suas atividades na Internet são privadas, sabemos que esse não é o caso. Os provedores de serviço da Internet (ISPs) geralmente rastreiam e armazenam informações sobre o que fazemos e por onde andamos online. É assim que eles veiculam anúncios personalizados para aquilo que você está procurando. Como você pode proteger sua privacidade?

O que é uma VPN?


Usar uma VPN (rede privada virtual) é uma maneira de proteger a sua privacidade online e manter suas informações protegidas de hackers, provedores de serviços de Internet e terceiros .

Uma VPN permite que o usuário navegue e acesse com segurança por dados pessoais através de redes públicas. Assim como um firewall protege os dados do computador, uma VPN protege sua atividade criptografando (ou embaralhando) seus dados quando você se conecta à Internet a partir de um local remoto ou público. Uma VPN permite mascarar sua localização, endereço de IP e atividade online. 

Benefícios de uma VPN

Uma VPN pode ajudar a manter suas informações protegidas de hackers e empresas cujos sites você visita. Quando você usa uma VPN, sua atividade de navegação, senhas, mensagens de e-mail e outros dados são exibidos de forma ininteligível para quem tenta acessá-los. Isso não impede apenas criminosos cibernéticos, mas também impede empresas que estão tentando compartilhar seus hábitos de navegação e outros dados com terceiros.

Preciso de uma VPN?

 

Se você gosta de levar seu laptop ou dispositivo móvel a uma biblioteca ou café, provavelmente se conecta por meio de Wi-Fi público. O problema é que muitas redes Wi-Fi públicas gratuitas não são protegidas. Isso significa que um hacker pode interceptar facilmente as informações que você envia pela rede pública, incluindo suas senhas e informações bancárias. Mas, se você usar uma VPN pessoal, poderá se conectar com segurança a qualquer momento que estiver fora de casa.

Preciso de uma VPN enquanto viajo?

 

Viajar geralmente significa estar cercado por (e conectar-se a) redes Wi-Fi desconhecidas. Essa vulnerabilidade torna especialmente importante ter uma solução de segurança inteligente para todos os seus dispositivos. Se você costuma gastar muito tempo navegando ou trabalhando no seu dispositivo enquanto viaja, baixe aplicativos de segurança (incluindo uma VPN) que protejam seus dispositivos.

Se você estiver viajando para cidades onde os furtos são comuns (ou se você é apenas esquecido), muitos dos aplicativos de segurança também oferecem proteção contra roubo. Esse recurso permite que o usuário faça backup, bloqueie e limpe o dispositivo remotamente, apenas no caso de seu telefone ser roubado.

Como escolho um provedor de VPN? 

Ao selecionar um provedor de VPN, pense nos seguintes critérios:  

  • Facilidade de uso - Você deseja uma tecnologia segura, não precisando ser um especialista em tecnologia para usá-la. É por isso que você deve olhar para um produto que é fácil de implementar, como o aplicativo McAfee® Safe Connect   VPN, que permite que você se conecte de forma fácil e segura, assegurando que suas senhas e dados fiquem privados ao usar redes públicas. 

  • Segurança robusta - procure uma VPN com criptografia de nível bancário. Desta forma,  ninguém pode ler ou acessar informações privadas que você envia através da rede. 

  • Acesso virtual a localizações - Este recurso ajuda a ganhar ainda mais anonimato online, utilizando um servidor VPN que mostra um local diferente do seu ponto de acesso. Por exemplo, você pode estar online nos Estados Unidos, mas o servidor VPN pode mostrar que você está conectado na França.  

Como  posso me proteger de hackers?

Usar uma VPN é um grande começo, mas não é a única maneira de se proteger de hackers online.   Experimente estas dicas para ajudar a manter seus dados e dispositivos seguros:

  • Escolha um Wi-Fi protegido por senha. Ao se conectar ao Wi-Fi, escolha redes com senhas WPA ou WP2 para acesso protegido. Se a rede não exigir uma senha, a conexão poderá estar vulnerável a hackers e outras ameaças.

  • Procure o ícone do cadeado. Verifique se as páginas da Web que você visita são criptografadas em “HTTPS” sempre que possível e contêm um ícone de cadeado na barra de endereço. Observe o início da URL que você está acessando - se a URL começar com "HTTP", saia - principalmente se estiver fazendo algo sensível.

  • Preste atenção nos sinais de aviso. Os avisos SSL e TLS são as mensagens que aparecem no seu navegador quando você se deparar com uma conexão insegura - e é provável que você tenha clicado na notificação sem pensar duas vezes. Pense antes de concordar com as notificações da próxima vez porque isso pode significar que você está colocando seus dispositivos e dados  em risco.

  • Não defina e esqueça Não configure seu dispositivo para conectar-se automaticamente a redes Wi-Fi, especialmente públicas. Em vez disso, verifique se seus laptops, tablets ou smartphones “esquecerão” determinadas redes quando você se desconectar e que só serão reconectados quando você optar por fazê-lo manualmente. 

Seguindo estas dicas, e usando um provedor de VPN confiável, você estará protegendo os seus dados e dispositivos de hackers, ISPs e terceiros   que buscam lucrar com a sua falta de privacidade.