15 dicas para senhas mais seguras

By on Dec 13, 2019

A despeito de inovações como reconhecimento digital ou facial para fazer o login em nossos dispositivos, as senhas ainda são amplamente usadas para acessar contas on-line. Vários usuários da internet afirmam sentir “fadiga de senhas”. Estima-se que funcionários de empresas gastem 10 horas por ano fazendo login em contas. 

Por outro lado, considerando que assustadores 81% dos vazamentos de dados são ocasionados por hackers se aproveitando de senhas fracas ou reutilizadas, é necessário encontrar formas melhores de tornar nossas senhas mais seguras e nos comprometermos a usá-las. 

 Primeiramente, tire um tempo para aprender como e porque hackers têm tanto sucesso decifrando senhas fracas. 

 Como hackers obtêm acesso: 

Ataques com dicionário 

Este tipo de ataque ocorre quando um hacker usa um script que testa palavras do dicionário, combinando-as com números e outras variações até desvendar sua senha. Portanto, é extremamente importante usar uma senha complexa que não seja facilmente decifrada em uma fração de segundo com ferramentas como John the Ripper que podem ser encontradas na internet.  

Para se esquivar de ataques com dicionário, evite usar combinações de teclas como “qwerty” ou “asdfg”. Não use palavras que possam ser encontradas no dicionário, gírias, palavras com erros ortográficos comuns ou palavras escritas ao contrário.
 

Decifrando perguntas de segurança 

 Ao clicar em um link de “Esqueci a senha”, é solicitado que você responda a pelo menos uma pergunta. Evite respostas que usem nomes de familiares ou bichos de estimação, ou ainda outras informações que possam ser encontradas em seus perfis em redes sociais. Lembre-se: as respostas não precisam ser verdadeiras, basta que sejam algo de que você se lembre. Escolha respostas aleatórias que os hackers não decifrarão tão facilmente. 

Senhas simples ou reutilizadas:

Embora seja difícil de acreditar, “123456” e “111111” ainda são algumas das senhas mais usadas, sendo desvendadas quase instantaneamente. Prefira usar algo complexo e que não envolvam informações pessoais, como seu nome, idade, data de nascimento; nomes de filhos ou animais de estimação; ou sua cor ou música favorita, pois podem ser facilmente decifrados. 

Já devemos estar cientes também de nunca reutilizar senhas, especialmente para contas de e-mail, internet banking e redes sociais, pois podem facilitar tentativas de roubo de identidade. Mesmo assim, mais da metade de nós ainda insiste nessa prática. 

Engenharia social 

Trata-se de um tipo de mentira bastante elaborada. Uma alternativa à prática tradicional dos hackers, é o ato de manipular outras pessoas a agirem de certa forma ou divulgarem informações confidenciais. 

Como tornar sua senha mais segura: 

  1. Use um gerenciadorde senhas capazes de criar e memorizar senhas fortes e complexas. Caso você escolha um software robusto de segurança, geralmente está incluso um gerenciador de senhas. 
  1. Casonãouse um gerenciador de senhas, aprenda a usar frases como senhas que sejam mais complexas do que senhas tradicionais, mas sejam fáceis de memorizar. Uma senha em formato de frase costuma ser composta por uma sequência de palavras intercaladas com números e símbolos. Por exemplo, a frase “Melville’s Moby Dick Has Over 94,000 Words” pode ser usada como “M’sMDho9*4000wds!!”. 
  1. Tambémé possível usar o teclado para criar formas. Por exemplo, tente traçar as teclas %tgbHU8* em seu teclado. O formato traçado é um “V”. Você pode traçar um “V” iniciando em qualquer uma das teclas no topo do teclado. Para alterar periodicamente, você pode mover a tecla inicial ao longo do teclado. Tente o formato de “W” se você quiser apimentar as coisas. 
  1. Certifique-se deusar senhas diferentes para cada uma de suas contas.
     
  2. Certifique-se de queninguém está observando ao inserir sua senha. Sempre faça o logoff caso se afaste de seu dispositivo e houver alguém por perto. Poucos instantes são suficientes para roubar ou alterar sua senha.
     
  3. Use um software desegurança abrangente e mantenha-o atualizado para evitar vulnerabilidades para keyloggers e outros malwares. 
  1. Evitedigitarsenhas em computadores que você não controle (como computadores em cibercafés ou bibliotecas), pois estes podem ter malwares instalados capazes de roubar sua senha. 
  1. Evitedigitarsenhas ao usar conexões Wi-Fi não seguras (como em aeroportos ou cafés), pois hackers são capazes de interceptar dados e senhas enviados através dessas conexões. 
  1. Nãocompartilhe sua senha. Seu melhor amigo de hoje pode deixar de ser no futuro. Mantenha suas senhas seguras mantendo-as em segredo. 

A depender de quão sensíveis são as informações protegidas, talvez seja necessário trocar suas senhas periodicamente.
 

  1. Anotarsuas senhas não é um problema, basta mantê-las longe de seu computador e misturadas com outros números e letras de modo que não fique bastante aparente que se trata de uma senha. 
  1. Vocêtambém pode anotar dicas para ajudar a lembrar da senha, masque não contenham a senha. No exemplo anterior, sua dica poderia ser “Melville” 
  1. Verifiquese sua senha é forte. Se o site que você deseja acessar oferecer uma análise da força da senha, siga os conselhos. 

Robert Siciliano é especialista em roubo de identidade e consultor da McAfee. Veja suas dicas sobre como se proteger de roubos de identidade em CounterIdentityTheft.com. 

 

About the Author

McAfee

McAfee is the device-to-cloud cybersecurity company. Inspired by the power of working together, McAfee creates business and consumer solutions that make our world a safer place. Take a look at our latest blogs.

Read more posts from McAfee

Categories: Consumer, Português

Comments

Leave a Comment

Subscribe to McAfee Securing Tomorrow Blogs