Compras online: o que fazer e o que não fazer

As compras online se tornaram parte integrante de nossa vida diária, proporcionando conveniência e variedade, além de facilitar a comparação de preços. No entanto, essa conveniência pode trazer alguns riscos. Este artigo comenta os prós e os contras das compras na Internet para ajudá-lo a navegar nesse mercado virtual de forma segura e eficaz.

A conveniência das compras online

As compras na Internet oferecem uma variedade incrível de vantagens. Através dela, economiza-se tempo e esforço, pois fornece uma plataforma em que a comparação de produtos se torna muito fácil e nos permite evitar filas e multidões. Sem falar que fica aberta todos os dias, a qualquer hora.

No entanto, isso também expõe os consumidores a ameaças cibernéticas, desinformação e produtos inexistentes ou de baixa qualidade. Por isso, é fundamental que você siga determinadas regras ao comprar online.

Neste artigo, exploraremos os vários prós e contras das compras na Internet centrados na segurança, nos métodos de pagamento, nas auditorias de produtos, nas políticas de devolução e no comportamento online. O objetivo final é ajudá-lo a ser um consumidor experiente e consciente dos riscos na Internet.

O que você deve fazer nas compras online

Para que você aproveite ao máximo sua experiência de compras na Internet e proteja suas transações, é fundamental seguir algumas regras essenciais. Essas simples indicações não apenas aumentam a sua segurança e satisfação, mas também garantem um processo de transação contínuo e agradável.

1. Compre em lojas confiáveis

Sua primeira linha de defesa ao fazer compras online deve ser manter-se fiel aos comerciantes conhecidos e confiáveis. Esses vendedores estabeleceram plataformas de compras online seguras e têm medidas de segurança robustas em vigor. Eles também costumam ter um suporte ao cliente confiável e políticas de devolução que o protegem como consumidor. Mercados online como Amazon, eBay e Alibaba também oferecem mecanismos de proteção ao cliente para compras feitas por meio de suas plataformas.

No entanto, isso não significa que você deva evitar completamente as lojas online menos conhecidas. Muitos vendedores independentes fantásticos vendem exclusivamente online. O segredo é pesquisar um pouco sobre essas lojas antes de entregar seu dinheiro. Uma rápida pesquisa no Google pode ajudá-lo a encontrar avaliações e classificações de outros clientes.

Investigando mais a fundo: 8 maneiras de saber se as lojas online são seguras e legítimas

2. Use métodos de pagamento seguros

Outra dica importante para que você faça compras online com segurança é usar métodos de pagamento seguros. Cartões de crédito e serviços de pagamento online seguros, como o PayPal, têm medidas de segurança adicionais que o protegem contra fraudes. Esses serviços também costumam oferecer resolução de disputas caso algo dê errado em sua transação. Ao usar um cartão de crédito, não deixe de monitorar seus extratos regularmente para verificar se há cobranças suspeitas.

Investigando mais a fundo: Usuário do PayPal, veja o que você precisa saber sobre o novo golpe de phishing

Além disso, evite usar cartões de débito para fazer compras online, pois eles não têm muitas das proteções que os cartões de crédito oferecem. Se um golpista obtiver acesso às informações do seu cartão de débito, ele poderá drenar sua conta bancária antes mesmo que você perceba.

Dica profissional da McAfee: Você usa uma carteira digital para compras online? Uma carteira digital, ou carteira móvel, é um aplicativo de smartphone que armazena com segurança as informações de pagamento para transações “tap-to-pay” na maioria dos terminais de ponto de venda. Sua carteira digital é segura, desde que você proteja seu smartphone com o mesmo nível de atenção que daria à sua carteira física. Se você usa uma, temos algumas dicas para melhorar a segurança da sua carteira digital.

3. Use sites seguros nas compras online

Uma prática fundamental para manter a segurança é usar exclusivamente sites seguros. Essas são plataformas que implementaram medidas robustas para proteger a confidencialidade e a integridade dos dados trocados durante suas interações online. Compre somente em sites seguros que tenham um certificado SSL válido. Procure por “https://” no URL e um ícone de cadeado na barra de endereços para garantir que suas informações pessoais estejam protegidas.

4. Crie senhas fortes

A importância de usar senhas exclusivas para cada conta online não é um exagero. Caso uma de suas senhas seja comprometida, ter credenciais distintas para plataformas diferentes garante que a violação de segurança seja contida, limitando os possíveis danos. A reutilização de senhas em várias contas cria uma vulnerabilidade em que uma única senha comprometida pode levar ao acesso não autorizado a vários aspectos da sua vida digital.

Use uma senha forte, que combine uma mistura de letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos e crie uma sequência complexa que seja difícil de ser decifrada por cibercriminosos ou programas automatizados. Evite informações fáceis de adivinhar, como datas de aniversário, nomes ou palavras comuns.

O que você não deve fazer nas compras online

Entender o que não deve fazer nas compras online é tão importante quanto adotar o que deve fazer. Desde evitar possíveis armadilhas até proteger suas informações pessoais, essas regras funcionam como uma bússola, afastando-o de erros comuns que podem comprometer sua jornada de compras na Internet.

1. Não faça compras online com uma rede wi-fi pública

As redes wi-fi públicas podem ser convenientes, mas geralmente são inseguras. Isso facilita que os cibercriminosos interceptem seus dados, inclusive informações de cartão de crédito ou detalhes de login. Portanto, como regra geral, evite fazer compras online quando você estiver conectado a uma rede wi-fi pública.

Investigando mais a fundo: Por que você precisa ter cuidado com o wi-fi público

Lembre-se também de ter cuidado com os sites que você visita e com as informações pessoais que fornece quando está em uma rede wi-fi pública. Mesmo atividades aparentemente inofensivas, como verificar e-mails, podem expô-lo a riscos se um hacker estiver espionando sua conexão.

2. Não ignore os sinais de alerta

Ao fazer compras online, você pode se deparar com ofertas que parecem boas demais para ser verdade – e, muitas vezes, elas são. Preços extremamente baixos podem ser um sinal de fraude, especialmente se forem encontrados em um site desconhecido. Desconfie de lojas online que exigem pagamento por transferência bancária, fornecem informações de contato vagas ou inexistentes ou têm muitas avaliações negativas.

3. Atualize regularmente seus dispositivos

Manter seus dispositivos, como computador, smartphone ou tablet, atualizados com o software mais recente é uma maneira simples, mas eficaz, de manter um ambiente de compras online seguro.

As atualizações de software geralmente incluem correções para vulnerabilidades de segurança que foram descobertas pelos desenvolvedores. Se não atualizar o software, você está deixando seus dispositivos abertos a essas vulnerabilidades, que podem ser exploradas por cibercriminosos. Portanto, certifique-se sempre de que seus dispositivos estejam executando as versões mais recentes do software.

No caso de dispositivos móveis, considere instalar um aplicativo de segurança confiável para ajudar a protegê-lo de possíveis ameaças. Esses aplicativos podem ajudar a detectar malware, impedir tentativas de phishing e fornecer uma série de outros recursos de segurança para mantê-lo seguro ao fazer compras online.

Investigando mais a fundo: Por que as atualizações de software são tão importantes

4. Considere o uso de uma VPN (rede privada virtual)

Se você precisar fazer compras online em uma rede pública, use uma rede privada virtual (VPN) para criptografar sua atividade. Uma VPN é uma ferramenta que pode fornecer uma camada extra de segurança quando você faz compras online.

Uma VPN criptografa sua conexão com a Internet, tornando sua atividade online invisível para qualquer pessoa que possa estar bisbilhotando, inclusive hackers, seu provedor de serviços de Internet (ISP) ou até mesmo o governo. Isso pode ser especialmente útil quando você estiver fazendo compras em uma rede wi-fi pública, conforme mencionado anteriormente.

No entanto, é importante que você escolha uma VPN com cuidado. Algumas VPNs podem reduzir significativamente a velocidade da sua conexão com a Internet ou, pior ainda, não fornecer os recursos de segurança prometidos. Portanto, sempre opte por um provedor de serviços de VPN renomado e confiável.’ 

5. Não se esqueça de verificar as políticas de devolução e reembolso

As políticas de devolução e reembolso são algo que você nunca deve ignorar ao fazer compras online. Essas políticas esclarecem o que você pode esperar se o produto for insatisfatório, defeituoso ou não corresponder à descrição. Portanto, antes de fazer uma compra, sempre dedique tempo para ler e entender a política de devolução ou reembolso da loja online.

Evite comprar em sites que tenham políticas de devolução pouco claras, injustas ou inexistentes, pois isso pode fazer com que você fique preso a produtos insatisfatórios.

Além disso, sempre imprima ou salve uma cópia da confirmação e do recibo do pedido. Isso pode ser crucial para devolver um produto ou contestar uma cobrança no extrato do seu cartão de crédito.

6. Não caia em golpes de phishing

O phishing é um golpe online comum em que os cibercriminosos o enganam para que forneça informações confidenciais, como detalhes do seu cartão de crédito, fingindo ser uma entidade confiável.

Muitas vezes, esses golpes vêm na forma de e-mails ou textos falsos que parecem ser de empresas confiáveis. Desconfie desse tipo de comunicação, especialmente se ela solicitar detalhes pessoais ou financeiros.

Sempre verifique se o e-mail ou o texto é genuíno entrando em contato com a empresa por meio de seus contato oficiais. Nunca clique em links de e-mails suspeitos, pois isso também pode levar a sites mal-intencionados criados para roubar suas informações.

Lembre-se de que as empresas de boa reputação nunca solicitarão informações confidenciais por meio de e-mails ou mensagens de texto.

Considerações finais

As compras online podem ser uma experiência conveniente e agradável, mas também trazem seu próprio conjunto de riscos. Seguindo o que fazer e o que não fazer destacados neste artigo, você pode reduzir drasticamente esses riscos e se proteger de possíveis ameaças cibernéticas.

Lembre-se de ficar sempre alerta ao fazer compras online. Seja consciente dos golpes mais comuns, mantenha-se fiel aos comerciantes confiáveis e sempre proteja suas informações pessoais e financeiras.

Melhore sua experiência de compras online com o McAfee+, que vai além das medidas tradicionais de antivírus e oferece uma suíte integrada de ferramentas que protegem suas informações pessoais e financeiras contra as ameaças cibernéticas em constante evolução!

FacebookLinkedInTwitterEmailCopy Link

Mantenha-se atualizado

Siga-nos para se manter atualizado sobre a McAfee e ficar por dentro das mais recentes ameaças à segurança móvel e do consumidor.

FacebookTwitterInstagramLinkedINYouTubeRSS

Mais De Segurança familiar

Back to top