Como remover vírus rapidamente em 2023

A internet oferece vários benefícios, mas também traz alguns riscos para os usuários, que devem aprender como tirar vírus do PC e proteger a navegação.  Malware (ou software malicioso) é um dos riscos da vida on-line. Seja de sites infectados, anexos de e-mail que parecem inofensivos ou aplicativos e ferramentas aparentemente confiáveis, o malware pode expor suas informações pessoais a cibercriminosos que as usam para benefício próprio.  Se você suspeitar que um software malicioso infectou seu dispositivo, é importante removê-lo rapidamente para se proteger.   Lidar com um vírus pode ser assustador, mas você pode tomar algumas medidas úteis. Este artigo explica como o malware infecta os dispositivos e como você pode removê-lo. 

Como os dispositivos são infectados com malware

Existem muitos tipos de malware, que funcionam de maneiras diferentes. Eles podem incluir vírus, worms, cavalos de Troia, spyware, adware, ransomware e muito mais.  Algumas infecções comuns em computadores Windows, Macs, tablets e smartphones são: 

  • E-mails de phishing e malspam: esses e-mails, que frequentemente parecem confiáveis, tentam enganar você para que revele informações confidenciais de diferentes serviços, como número e senha do cartão de crédito. 
  • Compartilhamento ponto a ponto (compartilhamento P2P) e torrents: geralmente oferecem softwares, jogos e mídias para download ilegal. Eles também podem conter downloads infectados com código de software nocivo. 
  • Sites falsos de marcas e organizações conhecidas: os cibercriminosos podem criar sites parecidos com sites legítimos para fazer com que você baixe vírus em seu dispositivo. Se você clicar em um link, o malware será transferido por download para o disco rígido. 
  • Dispositivos de armazenamento externo (como unidades USB): as unidades USB e outros dispositivos de armazenamento externo são maneiras conhecidas de transferir arquivos de um computador para outro. No entanto, se você encontrar ou receber uma unidade USB de uma origem desconhecida, não a conecte ao seu computador. 
  • Software comprometido: às vezes, o malware pode comprometer o software baixado. O ideal é fazer download somente de origens confiáveis. 
  • Adware, incluindo anúncios pop-up: os anúncios pop-up são um incômodo quando você clica em uma página da Web. Eles também podem ter malware, que é liberado quando você clica neles. 
  • Aplicativos móveis falsos: normalmente, se passam por apps populares, como rastreadores de condicionamento físico ou aplicativos de criptomoeda. Se você baixar um deles, pode comprometer seu dispositivo móvel. Procure sempre baixar os aplicativos de origens confiáveis.  

Como os malwares podem afetar você?

Os vírus podem prejudicar você de diversas maneiras. Por exemplo, o malware pode permitir que hackers roubem suas informações privadas, descubram senhas, causem problemas financeiros para você ou sua empresa, excluam arquivos e tornem seu dispositivo inutilizável.  O malware também pode passar de seu computador para outros dispositivos, então você pode contaminar os aparelhos de amigos, familiares e colegas de trabalho. Ele também pode ocupar muito espaço na memória do computador, reduzir drasticamente o desempenho e muito mais.  Por isso, é importante saber como remover um malware e aprender a se proteger dele. 

Sinais de que há um vírus  no computador

As informações de consumidor da Federal Trade Commission (FTC) descrevem algumas maneiras para descobrir se um malware infectou seu dispositivo, incluindo se ele: 

  • Diminuir o desempenho, falhar ou exibir mensagens de erro repetidamente. 
  • Não reiniciar ou desligar 
  • Impedir a desinstalação de um software 
  • Começar a exibir muitos anúncios pop-up, inapropriados ou que interferem no conteúdo da página 
  • Exibir anúncios onde normalmente não deveria ter, como em sites governamentais 
  • Exibir barras de ferramentas ou ícones inesperadamente em seu navegador, como no Chrome ou Safari  
  • Alterar seu mecanismo de pesquisa padrão ou exibir novas abas ou sites que você não abriu 
  • Alterar repetidamente sua página inicial 
  • Enviar e-mails que você não escreveu usando sua conta pessoal 
  • Descarregar a bateria mais rápido do que o normal 

Remover vírus do PC infectado

Como remover vírus dos seus aparelhos

Se você acha que seu computador, smartphone ou tablet foi infectado por malware, o primeiro passo é parar de ​​comprar, realizar operações bancárias ou fazer qualquer outra coisa on-line que envolva nomes de usuário, senhas ou outras informações privadas até que o problema seja resolvido.  Se você não tiver umprograma antivírus no dispositivo, recomendamos instalar um. O software antivírus da McAfee oferece uma proteção premiada para suas informações e dispositivos. É importante adquirir um software antivírus confiável e de renome, já que um malware pode se passar por software de segurança.  Também vale lembrar que você deve manter o sistema operacional de todos os dispositivos e aplicativos atualizado. Programas e apps antigos podem não ter os recursos de segurança mais atuais e softwares desatualizados podem não conseguir impedir um ataque de cibercriminosos, que estão sempre buscando novas maneiras de roubar as informações das pessoas.   Depois de instalar seu software de segurança cibernéticafaça o seguinte: 

Escaneie o aparelho em busca de malwares

Se você tiver um computador com Windows 10 ou 11, já está aproveitando a proteção gratuita contra ameaças de vírus do Microsoft Windows Defender. O Windows Defender, ou segurança integrada da Microsoft, compara novos arquivos e programas com um banco de dados de malwares conhecidos. Ele busca sinais de ataque, como a criptografia de arquivos importantes.   O Defender pode ser executado nos modos ativo, passivo e desativado. No modo ativo, ele é o aplicativo antivírus principal do dispositivo. Isso significa que o programa vai verificar arquivos, solucionar as ameaças e exibir as ameaças detectadas nos relatórios de segurança da sua organização e no aplicativo Segurança do Windows. O Microsoft Defender será desativado automaticamente se outro aplicativo antivírus for instalado e ativado. Se você desinstalar o outro aplicativo, o Microsoft Defender será ativado automaticamente.  No modo passivo, o Microsoft Defender não é usado como o app antivírus principal do dispositivo. Ele verifica e relata as ameaças, mas não as soluciona. Por fim, se estiver desativado ou desinstalado, o Microsoft Windows não detecta nem resolve ameaças.  Você pode executar varreduras rápidas e avançadas na Segurança do Windows. Se estiver com dúvidas sobre o comprometimento de um arquivo ou pasta, é possível executar a varredura manual. Para isso: 

  1. Clique com o botão direito do mouse no arquivo ou pasta no Explorador de Arquivos 
  2. Selecione Verificar com Microsoft Defender 

Você verá os resultados da verificação e as opções para lidar com as possíveis ameaças.  O Microsoft Defender também está disponível para proteger smartphones Android de vírus, malware e phishing. Ele verifica seu dispositivo Android automaticamente para rastrear e identificar aplicativos potencialmente perigosos e indesejados. Os usuários Apple também têm um software antivírus incorporado para ajudar a detectar e combater malware. O malware normalmente é distribuído em sistemas macOS ao ser incorporado em umapp aparentemente inofensivo  Ainda bem que as configurações de Segurança e Privacidade permitem descobrir a origem do software instalado no Mac. Para isso, siga estas etapas: 

  1. Escolha o menu Apple 
  2. Selecione “Preferências do Sistema”. 
  3. Clique em “Segurança e Privacidade”.  
  4. Clique em “Geral”. 
  5. Se o cadeado no canto inferior esquerdo estiver bloqueado, clique nele para desbloquear o painel de preferências. 
  6. Selecione as origens de software das quais você permitirá que o software seja instalado, incluindo a Mac App Store e os desenvolvedores identificados que estão registrados na Apple. 

Os iPads e iPhones da Apple têm potentes proteções de privacidade e segurança integradas, então cabe ao usuário decidir se instala ou não um antivírus para ter proteções extra contra malware. A Apple tem uma abordagem “walled-garden” (jardim murado), o que significa que o sistema operacional dela é fechado para aplicativos e jogos de terceiros não afiliados à loja de aplicativos oficial (a menos que você faça jailbreak para desbloquear o dispositivo). Ainda assim, é importante ter em mente que mesmo que os recursos integrados de segurança cibernética sejam um bom ponto de partida, eles não são completos. É aí que um software antivírus, como o McAfee Total Protection, entra em cena. Ele oferece proteção contínua contra malware, vírus, phishing, ransomware e outras ameaças on-line. Além disso, ele também é atualizado automaticamente, para que você não precise se preocupar com a atualização manual.   O software de segurança também inclui alertas que informam quando você está prestes a se conectar a um site de risco, assim como correções práticas de um clique para manter a segurança on-line. 

Isole ou remova os vírus

Um software antivírus, como o McAfee, bloqueia malwares para que eles não invadam seu computador, smartphone ou tablet. Se um vírus conseguir entrar no sistema, ele funciona como um mecanismo de varredura de malware, procurando o vírus em todos os arquivos do dispositivo.   Ele pode solucionar problemas, buscar vulnerabilidades e gerar uma lista de softwares infectados que podem ser colocados em quarentena (ou isolados) para impedir danos, excluindo-os ao final da varredura de vírus usando as ferramentas de remoção  O banco de dados de vírus do software antimalware da McAfee é atualizado usando um rastreador da Web automático que verifica a Internet, identifica ameaças on-line (como software malicioso) e descobre como excluí-los.  O antivírus da McAfee usa esses dados para atualizar automaticamente a configuração de segurança do seu dispositivo, oferecendo a melhor proteção para que nenhum vírus entre.   Além dos dispositivos desktop, a McAfee também oferece segurança para dispositivos móveis Android e Apple. Por exemplo, quando você usa um aparelho iPhone ou Android em um sistema Wi-Fi público, a proteção de privacidade para Wi-Fi (VPN) da McAfee transforma a rede pública em privada para que você possa navegar com segurança. Como esperado, o aplicativo antivírus faz varreduras regulares em busca de ameaças e malware, bloqueando ativamente esses problemas em tempo real e mantendo os dispositivos protegidos. 

A McAfee mantém seu computador seguro

A McAfee oferece uma variedade de planos personalizados para atender às suas necessidades e orçamento para que seu computador e outros dispositivos, incluindo smartphones Android, iPhones Apple e diversos outros tablets, estejam protegidos de malware e outras ameaças on-line.  A McAfee é líder em segurança do consumidor e nosso software antivírus é usado em mais de seis milhões de dispositivos. Ele é fácil de instalar e usar, oferece proteção contra ameaças em tempo real 24 horas por dia e ainda conta com o Virus Pledge, uma promessa de dinheiro de volta que garante que todos os vírus serão removidos dos dispositivos protegidos.  Você pode adquirir o software antivírus como parte dos serviços do Total Protection da McAfee. Isso inclui proteção completa para suas informações pessoais e privacidade, com assistência para restauração de identidade e até US$1 milhão em cobertura de roubo de identidade para violações de dados. Você também tem acesso ao monitoramento de identidade e navegação e VPN seguras.​  Com a McAfee e sua proteção ideal, você transforma a preocupação com malware em paz de espírito. 

FacebookLinkedInTwitterEmailCopy Link

Mantenha-se atualizado

Siga-nos para se manter atualizado sobre a McAfee e ficar por dentro das mais recentes ameaças à segurança móvel e do consumidor.

FacebookTwitterInstagramLinkedINYouTubeRSS

Mais de Dicas e truques de segurança

Back to top