O que é uma carteira de criptomoedas e como mantê-la segura?

As celebridades e influenciadores mais famosos das redes sociais estão se unindo aos fãs das criptomoedas, pedindo que você se junte a eles nos investimentos do futuro. É impossível negar o apelo que as criptomoedas têm sobre o mundo de hoje, para o bem ou para o mal. Em alguns setores, elas aceleram o ritmo dos negócios e, para alguns, é uma forma viável de pagar as contas e estabelecer investimentos a longo prazo. O reino das criptomoedas também provou ser vulnerável aos cibercriminosos. Por exemplo, o hack Wormhole vazou US$ 320 milhões, e os criminosos cibernéticos têm visado plataformas de criptomoedas com ransomware e esquemas de aplicativos de mineração.

Se você já entrou no jogo das criptomoedas ou está pensando em se envolver, veja o que precisa saber sobre as carteiras de criptomoedas. Além disso, confira dicas para manter sua carteira protegida contra cibercriminosos.

O que é uma carteira de criptomoedas? 

Uma carteira de criptomoedas é um produto de software ou um dispositivo físico que armazena as chaves públicas e privadas de suas contas de criptomoedas. As chaves são cadeias de números e letras que criptografam e decodificam transações criptográficas, garantindo a segurança de contas de criptomoedas. Você pode pensar em chaves públicas como os números de roteamento e de conta que aparecem na parte inferior dos cheques de papel. Não há muito que alguém mal-intencionado possa fazer com essas informações. É totalmente normal dá-las a um conhecido com quem você está fazendo negócios. As chaves privadas são como sua senha bancária on-line ou PIN de débito. São as que você deve guardar com muito cuidado porque, nas mãos erradas, seu saldo bancário, duramente conquistado, pode desaparecer. Uma carteira de criptomoedas também permite a transferência de fundos entre tipos de criptomoeadas e a realização de transações.

Quais são alguns tipos de carteiras de criptomoedas? 

Veja alguns tipos básicos de carteiras de criptomoedas para ajudá-lo a decidir qual é o tipo certo para você.

Não custodial versus custodial

Uma carteira não custodial significa que você é o único proprietário das chaves de seu patrimônio de criptomoedas. Se você esquecer sua senha, não há nenhuma solicitação de “esqueceu sua senha…” para recuperar o acesso. Embora seja um pouco preocupante não ter essa rede de segurança, as carteiras não custodiais são consideradas a opção mais segura. Você não precisa se preocupar com uma quebra de segurança de uma grande corporação que vaza sua chave privada. Se você é responsável e está confiante de que está preparado para cuidar de seus ativos por conta própria, essa pode ser a melhor opção para você.

Uma carteira custodial é um pouco menos segura, mas você tem um terceiro ajudando no login e na administração das suas contas de criptomoedas. As carteiras custodiais são frequentemente baseadas na Web, e a maior vantagem é que elas são geralmente muito fáceis de usar. Embora as carteiras custodiais confiáveis levem a segurança muito a sério, a ameaça de uma violação é sempre uma possibilidade, especialmente porque as contas de criptomoedas são alvos atraentes para os cibercriminosos.

Hardware versus software

Carteiras de hardware, também conhecidas como carteiras frias, são dispositivos que cabem na palma de sua mão. A maioria dos modelos são dispositivos com bluetooth, que parecem pequenos controles remotos, ou são unidades flash. O dispositivo é protegido por um PIN que você nunca deve anotar ou compartilhar com outras pessoas. Além disso, você deve designar um local seguro e privado para armazenar sua carteira de hardware. Semelhante a uma carteira não custodial, você é o único responsável por manter o controle do dispositivo e lembrar o PIN. Se você o perder, suas contas de criptomoedas estarão bloqueadas e não há ninguém que possa desbloqueá-las para você. Desde que você mantenha o controle, as carteiras de hardware são muito seguras. A maioria dos modelos está equipada com recursos de segurança à prova de vírus e de malwares.

As carteiras de software são aplicativos móveis ou de computador conectados à Internet, que podem ser baixados. Elas permitem que você faça transações em trânsito, pois pode acessar suas contas de criptomoedas com o celular. Nesse sentido, elas são mais convenientes do que as carteiras de hardware. Além disso, as carteiras de software têm a mesma rede de segurança que as carteiras de custódia: se você perder o celular, esquecer a senha ou precisar de assistência para login, o fabricante do software pode ajudar a acessar suas contas. As carteiras de software são muito seguras quando você habilita suas configurações de login de autenticação de dois fatores. No entanto, como elas se conectam à Internet, há sempre uma chance de que um cibercriminoso possa acessá-las. Sendo assim, as carteiras de hardware são consideradas mais seguras do que as de software.

Como manter sua carteira de criptomoedas segura 

Confira estas dicas para garantir que seus bens estejam seguros e protegidos em sua carteira de criptomoedas:

  1. Verifique suas contas regularmente. É imperativo que você verifique regularmente sua carteira de criptomoedas, para garantir que as contas estejam em ordem e detectar rapidamente atividades suspeitas. Carteiras de criptomoedas e carteiras digitais são diferentes das físicas que você carrega no bolso ou na bolsa, porque quando sua carteira física desaparece, é provável que você perceba rapidamente. “Celular, chaves e carteira” é um mantra que a maioria de nós repete antes de sair pela porta. Além disso, todos conhecem as medidas imediatas a seguir quando uma carteira física desaparece: reconstruir seus passos, bloquear cartões de crédito e débito, tirar uma nova carteira de motorista. Se você acha que algo está errado com sua carteira, cancele qualquer cartão de crédito vinculado à sua conta, altere a senha imediatamente e configure uma autenticação de dois fatores, caso ainda não o tenha feito.
  2. Configure a autenticação de dois fatores. Por falar em segurança de login, certifique-se sempre de ativar a autenticação de dois fatores. É uma das melhores maneiras de deter um ladrão. É ainda melhor se o dispositivo tiver autenticação biométrica. Isso significa que somente uma verificação do seu rosto, voz ou impressão digital abrirá suas contas.
  3. Saiba identificar golpes de carteira de criptomoedas. Cuidado com o phishing furtivo que pode ser persistente na tentativa de obter acesso às suas contas de criptomoedas. Se alguém pedir sua chave privada por e-mail, texto, telefone ou correio normal, ignore a correspondência e entre em alerta máximo. Nunca compartilhe sua chave privada! Muitas vezes, as tentativas de phishing usam o medo ou o entusiasmo para fazer com que as pessoas divulguem informações pessoais. Portanto não caia em mensagens que simulam ser concursos ou uma empresa de criptomoedas que precisa de sua chave privada para restaurar suas contas.

Aventure-se pelo mundo das criptomoedas de forma segura e confiante 

O valor das criptomoedas está cada vez mais estratosférico, como as naves espaciais retratadas em anúncios do horário nobre. Não se sinta pressionado a subir a bordo do foguete das criptomoeadas, mas se decidir embarcar, certifique-se de fazer sua pesquisa com cuidado e tome as melhores decisões para seus planos com as criptomoedas.

FacebookLinkedInTwitterEmailCopy Link

Mantenha-se atualizado

“Siga-nos para se manter atualizado sobre a McAfee e ficar por dentro das mais recentes ameaças à segurança móvel e do consumidor.”

FacebookTwitterInstagramLinkedINYouTubeRSS

Mais De Segurança na Internet

Back to top